Palestra "Mercado da Soja", com Dr. Paulo Dabdab Waquil, da UFRGS

 
 
Relato da Safra 2017/2018 do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ministradas pelo Eng. Agrônomo Alencar Paulo Rugeri, da EMATER/RS-ASCAR, e pelo Dr. Haroldo Tavares Elias, da EPAGRI

 
 
Painel Soja Safrinha – Relatos
Coordenação: Dr. Jairo João Carbonari
Relato de Produtor Rural: Helio Valdir Chiapinotto
Análise das Cooperativas: Eng. Agrônomo Dr. Geomar Mateus Corassa
Análise das Cerealistas: Eng. Agrônomo Mauro Deon
 

Painel Soja Safrinha – Aspectos Técnicos
Coordenação: Dr. Thomas Newton Martin - UFSM
Soja Safrinha X Ambiente e Riscos Climáticos:  Dr. Gilberto Rocca da Cunha – Embrapa Trigo
Soja Safrinha X Fitossanidade: Drª Claudine Dinali Santos Seixas – Embrapa Soja
Soja Safrinha X Genética: Dr. Alexandre Garcia - TMG

  
Abertura da 42ª Reunião de Pesquisa de Soja
- secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS, Odacir Klein
- chefe da Divisão de Defesa Agropecuária do MAPA, Jairo João Carbonari
- prefeito de Três de Maio, Altair Copatti
- vice-tesoureiro da Mantenedora Setrem, Ronaldo Wendland
- diretor-geral da Setrem, Sandro Ergang
- gerente técnico estadual da Emater/RS-Ascar, Alencar José Feron
- chefe-geral da Embrapa Trigo, Osvaldo Vasconcellos Vieira; e a chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Trigo, Ana Sagebim Albuquerque;
 
Apresentações dos Trabalhos Destaque
- "Produtividade de Genótipos de Soja Inoculados com Novas Estirpes de Rizóbios em Terras Baixas” (Embrapa Clima Temperado), na Comissão de Nutrição Vegetal e Uso dos Solos;
- "Alternativas Metodológicas para o Teste de Germinação com Sementes de Soja Tratadas” (UFPel), na Comissão de Genética, Melhoramento e Tecnologia de Sementes - Difusão de Tecnologia e Socioeconomia;
- "Porcentagem de Espécies de Pentatomídeos em Diferentes Estágios Fenológicos da Soja” (Unipampa), na Comissão de Entomologia;
- "Potencial dos Dados Biofísicos e Espectrais para Identificação de Phakosora Pachyrhisi em Lavouras de Soja” (UFSM), na Comissão de Fotopatologia;
- "Manejo de Buva em Diferentes Sistemas de Cultivo de Soja” (UFSM), na Comissão de Controles de Plantas Daninhas; e
- "Velocidade de Semeadura na Distribuição de Plantas e Produtividade da Soja” (UFSM), na Comissão de Fisiologia e Práticas Culturais.

A 42ª edição tem como promotora a Sociedade Educacional Três de Maio (Seetrem) que, através do curso de Agronomia, desenvolve pesquisas com a cultura da soja, em seus variados aspectos, em parceria com diversas instituições, fazendo parte, inclusive, da Rede Estadual de Pesquisa em Soja para o Consumo Humano.

O município de Três de Maio, local de realização do evento, está inserido na Região Fronteira Noroeste do Rio Grande do Sul e conta com propriedades rurais que desenvolvem a atividade grãos, sendo a soja o produto de destaque. Foi também este município e a SETREM que sediaram, no ano de 2014, a 58ª Reunião Técnica Anual do Milho e 41ª Reunião Técnica do Sorgo, entre os dias 21 e 24 de julho, evento que contou com mais de 500 participantes entre profissionais, pesquisadores e agricultores da região.

Para a organização do evento, a SETREM está discutindo com as instituições parceiras a estrutura, que deverá seguir a da edição anterior:

- Sessão Plenária de Solenidade de Abertura - participarão além dos inscritos, diversas autoridades da Região sul do Brasil.

- Seminário Técnico da Cadeia Produtiva da Cultura da Soja - inclui a apresentação de Relatório Técnico da Soja. Serão ministradas palestras sobre a cultura da soja no sul do Brasil e contará com público de agricultores, pesquisadores, técnicos e estudantes das ciências agrárias.

- Sessão das Comissões Técnicas - apresentação de trabalhos científicos, divulgando os principais resultados de pesquisa para a cadeia da soja.

- Sessão Plenária de Apresentação de Trabalhos Destaques - deverá apontar e salientar os trabalhos que, no âmbito do evento, trouxeram maior contribuição para a discussão atual da cadeia.

- Sessão Plenária da Assembléia Geral - reunindo os participantes do evento e as instituições credenciadas da Reunião de Pesquisa de Soja Região Sul para realizar apontamentos finais e destaques do evento.

Objetivo

Agregar no intercâmbio de conhecimentos e experiências, profissionais, pesquisadores, estudantes e agricultores que atuam na cadeia de produção da soja para a consolidação das transformações e qualificações que nela ocorrem. A dinamicidade da cadeia é uma característica da atividade agrícola, por ser desenvolvida com o envolvimento de tecnologias que são cada vez mais qualificadas e que, neste sentido, são alteradas a cada safra produtiva, trazendo adaptações e melhorias demandadas a cada cultivo. A divulgação destas tecnologias é realizada em diversos eventos que ocorrem de forma local e que, por vezes, tratam sobre a cultura, contudo de forma segmentada, e que neste evento será completa, tratando sobre situação atual, perspectivas, tecnologias existentes e novas possibilidades.

Também visando o cumprimento do objetivo de intercâmbio e socialização dos conhecimentos construídos durante os dias do encontro, a elaboração da publicação das Indicações Técnicas para a Cultura da Soja no RS e SC é uma das demandas da Reunião, possibilitando o acesso das informações geradas no evento, com base nas pesquisas realizadas e experiência dos participantes, a um público mais ampliado.

Público-alvo

- Agricultores que atuam com a cultura e que buscam a qualificação de seus sistemas produtivos através de informações e orientações que sejam eficazes, oriundas de pesquisas realizadas por instituições que visam à construção de conhecimentos sólidos para esta cadeia produtiva

- Pesquisadores

- Profissionais

- Acadêmicos da área das ciências agrárias

- Empresas de desenvolvimento de tecnologias desta cadeia produtiva

 

APOIO:

    

 

 

REALIZAÇÃO: